INSTITUCIONALIZAR OU CUIDAR EM CASA?

INSTITUCIONALIZAR OU CUIDAR EM CASA?

INSTITUCIONALIZAR OU CUIDAR EM CASA?

INSTITUCIONALIZAR OU CUIDAR EM CASA?

A determinado momento temos que nos informar sobre as diferentes possibilidades que existem para cuidar e ajudar os nossos idosos. Por esta razão, apresentaremos as principais vantagens e diferenças que existem em escolher uma instituição ou realizar os cuidados em casa com a ajuda de um profissional ao domicilio, para que possa eleger a melhor opção possivel.

Na Interdomicilio preocupamo-nos com o bem estar dos idosos, por isso mostramos as diferentes possibilidades para ajudar a escolher a melhor solução para cada caso.

Cuidar de pessoas idosas em casa

O cuidado a pessoas idosas no domicílio oferece um serviço onde não ocorre separação entre o idoso e os seus familiares e o seu próprio meio, sendo mais fácil a família dedicar-lhe mais tempo diariamente ao visitá-lo. Neste caso, o profissional que cuida do idoso, ajuda e assiste em todas as ocasiões em que a família não pode dedicar mais tempo, por exemplo: quando estão a trabalhar, ou quando estão de férias. Além disso, é a  melhor opção quando o idoso não quer ir para uma instituição.

Principais vantagens de ir para uma instituição

A instituição é a forma tradicional de eleição quando o idoso requer cuidados médicos permanentes. As principais razões que podem levar a escolher uma residencia são:

  • Cuidados especiais quando a pessoa se encontra com um elevado nível de dependência nomeadamente a necessidade de máquinas de suporte de vida que não podem ser usadas em casa.
  • Muitas instituições possuem equipas multidisciplinares permanentes que podem ser necessárias intervir em qualquer momento.
  • O idoso pode preferir ser institucionalizado por razões de sociabilização.

Principais vantagens do serviço de apoio domiciliário:

As principais vantagens dos cuidados no domicílio para pessoas idosas são o conforto do lar, a manutenção das suas recordações e, o poder continuar a usufruir da vida na sua zona de conforto, favorecendo a visita da família, sendo uma alternativa muito mais acolhedora e de proximidade com a sua vida habitual em detrimento da vida em contexto institucional instituição.

Por estes fatores, os cuidados ao domicílio são a opção mais escolhida nos últimos anos. Cuidar do idoso na sua casa própria casa, no calor do seu lar, promove o seu bem estar.

Caso possa prestar ajuda ao seu familiar, pode contar com o apoio de uma pessoa ou equipa especializada na área de cuidados assistenciais a idosos, sendo a solução que se adequa mais às necessidades e rotinas dos seus idosos.

Conclusões entre cuidados em casa vs. instituição

Se o idoso se encontra extremamente dependente e necessita de cuidados médicos permanentes, recomendamos o internamento em instituição, para que possa usufruir de cuidados médicos e equipamentos de suporte de vida.

Caso o utente mantenha a autonomia das suas funções vitais e possua uma residência adaptada ao seu grau de dependência, os cuidados ao domicílio são a melhor opção. Visto que, irá manter-se no seu ambiente junto com a sua família, não tendo que lidar com todo um processo de adaptação a uma residência que poderá não funcionar.

Empresas de apoio domiciliário

Na Interdomicilio oferecemos o serviço de apoio domiciliário e cuidados assistenciais a idosos, nas principais cidades e centros urbanos de Portugal Se precisa deste serviço pode contactar-nos telefonicamente através do 21 757 15 60 ou remeter-nos um formulário de pedido de contacto que estraremos em contacto convosco para lhe facultarmos todas as informações que necessita, sem qualquer compromisso.

No Comments

Post A Comment

7 − 1 =