SE HOUVE ASPETOS POSITIVOS DESTA PANDEMIA, A FIDELIDADE DOS CLIENTES PARA COM A MARCA É UM DELES

SE HOUVE ASPETOS POSITIVOS DESTA PANDEMIA, A FIDELIDADE DOS CLIENTES PARA COM A MARCA É UM DELES

Nesta edição da newsletter entrevistamos Vera Correia, da direção da Interdomicilio Lisboa, que nos dá a conhecer como a marca está a lidar com os desafios impostos pela pandemia e muito mais.
Não perca esta entrevista!

 

– Que medidas de segurança para colaboradores e clientes tomou a Interdomicilio?

Perante esta nova realidade, para além das nossas rotinas diárias, foi também necessário adaptamos a nossa atividade, assumindo como prioridade, prevenir e proteger a saúde do nossos clientes e colaboradores.

Como tal, desenvolvemos um plano estratégico assente:

– Na redefinição de procedimentos internos e protocolos de atuação a adotar no desenvolvimento de serviços em casa dos nossos clientes e nas nossas próprias instalações.

– Aumentamos o investimento na comunicação e na formação das respetivas Equipas, envolvendo dos próprios Clientes neste processo.

– E implementámos novas ferramentas tecnológicas, desenvolvidas pela marca, que nos permitiram agilizar e automatizar os processos realizados diariamente na Agência, reduzindo substancialmente o contacto presencial e tempo despendido com tarefas de menor grau de importância q ganhar mais tempo para encontrar melhores soluções para os nossos Clientes e Utentes.

 

– A receptividade dos clientes foi satisfatória. Pode dar-nos um exemplo?

Realizarmos a nossa atividade em casa do cliente e/ou cuidarmos da sua própria família, o que obriga necessariamente a uma relação de proximidade e de grande confiança entre este, a empresa e os prestadores. Como tal, e apesar de ser inevitável, por razões diversas, a suspensão temporária de algum dos nossos serviços no primeiro confinamento, a maioria dos nossos clientes, mal pode, retomou sem reservas os serviços habituais. Muitos outros nunca pararam!

Em particular, na área do serviço de apoio domiciliário, pelo contrário, muitos clientes acabaram por alargar os horários contratualizados, assumindo os nossos serviços uma relação de ponte de  ligação entre os utentes e o exterior, como forma de minimizar os riscos de exposição e contágio.

Se houve aspetos positivos a tirar desta pandemia, as ilações relativamente ao grau de fidelidade dos nossos clientes para com a marca é uma delas. O que nos deixa muito satisfeitos, pois trabalhamos todos os dias para isso.

 

– O cuidado assistencial a idosos é um serviço nuclear e o melindre é maior com esta população. Como está a correr e como estão as famílias a reagir?

Sentimos, mais que nunca, a importância  que o serviço de apoio domiciliário e de cuidados assistenciais tem para idosos e para as suas famílias, particularmente em situações que apresentem algum grau de dependência  ou onde as famílias se encontrem mais afastadas. Podemos afirmar convictamente que, neste momento, é a solução mais segura e cómoda para todos, infelizmente falta o apoio estatal para que a sua utilização possa ser generalizada, como acontece em grande parte dos países da Europa.

Hoje, com a situação dramática vivida em contexto institucional, nomeadamente em lares e residências geriátricas, existe uma maior predisposição das famílias para soluções de apoio domiciliário, onde os idosos se encontrem mais seguros e menos expostos à pandemia.

 

– Quais os principais desafio colocados pela pandemia?

O contato e interação presencial; a partilha de espaços e a relação de proximidade; os serviços com pessoas para pessoas são aspetos cruciais da nossa atividade quotidiana, por isso continuar a pô-los em pratica de forma segura é o maior desafio com nos deparamos.

Para tal,  além de mantermos ativas todas as medidas preventivas e a manutenção dos protocolos de atuação de marca, continuamos a trabalhar diariamente no desenvolvimento de melhorias do nosso negócio e atividade, em particular na digitalização de processos, que nos permitam gerir algumas tarefas à distancia, de forma diferente mas igualmente eficiente.

Recentemente, implementámos um modulo de recrutamento e seleção on-line, que nos permite automatizar a avaliação de candidatos e evitar o contacto presencial em grande parte do processo de admissão de recursos humanos e estamos atualmente a trabalhar na extensão digital a novos processos na área de colaboradores e de clientes.

Teremos mais noticias em breve!

No Comments

Post A Comment

3 × three =