Quatro dicas para ficar fluente em inglês

Quatro dicas para ficar fluente em inglês

O inglês é sem sombra de dúvidas uma das línguas mais globalizadas do mundo, sendo a mais utilizada dentro das empresas. Hoje, quem não fala inglês, além de não conseguir ter um excelente cargo no mercado de trabalho, acaba por não desfrutar de tudo aquilo que a aprendizagem de uma nova língua nos traz.

1.   Pense na língua inglesa

Pensar em inglês é uma ótima maneira de treinar o que você aprende nos estudos. O cérebro separa os idiomas de sua língua nativa sempre que você estuda. O que você tem que fazer é aprender a usar o inglês como se fosse a sua língua nativa.

2.   Repita até automatizar

É extremamente importante repetir as frases ou expressões que você vê ou escuta em qualquer fonte da língua que está a aprender. Isso faz com treine o que já sabe e, ao mesmo tempo, aumente seu vocabulário, memorizando todas as palavras, melhorando a pronuncia e facilitando o processo de absorção dos conteúdos que virão no que for aprendido futuramente.

3.   Vá além da língua

Este, é um outro erro de muitos estudantes de inglês: estudar apenas a língua e não se envolver com a cultura do país. Se está a estudar um idioma diferente e novo, não espera que os nativos se comportem como você, certo? Para entender não só o mecanismo da língua, mas o uso dentro de um contexto cultural, é preciso aprender sobre os nativos e sobre tudo o que está envolvido com a língua. Dessa forma, fixa melhor o idioma.

4.   Estude gramática

Muitos batem na mesma tecla: estude uma língua de forma solta, sem ter tanta preocupação com a gramática. Na realidade, não é bem assim. Você precisa de estudar a gramática, mesmo que minimamente, para saber como e quando deve usar determinadas expressões. Quem sabe gramática, por exemplo, poderá saber o que faz parte da língua e distinguir o coloquial do formal.

Fonte: Ser Estudante

No Comments

Post A Comment

14 − eight =